segunda-feira, junho 1

Contigências...


Quantos de nós já não sentiram que existem demasiado contigências na nossa vida que nos fazem caminhar por caminhos diferentes daqueles que tínhamos delineado inicialmente?
Passei toda a minha vida a tentar escapar dessas contigências que me assolam e me perseguem ao longo de todas estas primaveras que já conto.

Todos os dias acordo e penso nas contigências da minha vida. Acredito plenamente que todos nós tenhamos estas pedras no caminho, cada um à sua maneira e ajustadas à sua própria realidade, mas isso não nos deixa de incomodar na mesma proporção. Admito que eu próprio sou a maior contigência da minha vida, uma vez que sou eu que crio as diversas barreiras com que me deparo e com as quais nem sempre sei lidar.

É tão difícil às vezes sermos nós próprios, que a nossa vontade é encarnarmos numa personagem criada e limada à nossa vontade. Que estranha luta esta de termos os nossos valores pessoais e regermo-nos unicamente por eles. Seria tudo muito mais simples se não tivessemos esta luta interna entre o que realmente somos e aquilo que por vezes gostaríamos de ser, nem que fosse só para desanuviar...


El Perro Del Mar - God Knows (You gotta give to get)

5 comentários:

purpurinaz disse...

"Quanto maiores são as dificuldades a vencer, maior será a satisfação"

Marcus Cícero

:)

CCN disse...

Cada vez que leio as tuas "crónicas", penso no porquê de continuares a dizer que tu próprio te limitas a vontades, ideias ou desejos que te são intrinsecos. Porquê é que não tentas ser a pessoa que existe dentro de ti? Por medo de te magoares? Por não quereres mostrar que tens ainda mais virtudes, ou quem sabe mais defeitos?! E explica-me, não és essa pessoa com quem? Porque do que vejo, e do que já ouvi de teus amigos próximos, tu és como uma rara espécie, cheio de qualidades.Mas isso já deves saber e ter consciência de tal. Como tal, não vejo de onde te possam surgir pedras no caminho...E se elas aparecem,tira o melhor proveito de cada uma. As pedras fazem parte do caminho, tal como as flores, as pessoas, os animais.
Sem a luta interna de que falas, sería tudo demasiado unicolor. Que graça tem isso na vida?
Os valores que tens, com certeza não entrariam em colapso com a tal pessoa que dizes ter dentro. Experimenta mostrar isso. Não te prendas á tua timidez.

Anónimo disse...

"Pedras no Caminho


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes
mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo,
e posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os
desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um "não".

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.



Pedras no caminho?Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."


Fernando Pessoa

purpurinaz disse...

ja escrevias qqr coisa nova aqui paaa... 3 semanas sem historias? ta bem ta!
tou preocupada! :p

Anónimo disse...

Tentei autodisciplinar-me e não vir aqui espreitar. acho que passaram pelo menos 2 meses. Tentei ser racional. Mas reencontrei-te e não resisti. Cá estou eu a tentar "ler-te" outra vez.
Não consigo escapar de mim própria.