quinta-feira, fevereiro 18

Into dust...

Quantas vezes sentimos que gostavamos de alterar o mundo?

Quantas vezes equacionamos a nossa vida e os nossos medos?

Quantas vezes idealizamos situações que não correspondem à realidade?

Quantas vezes nos desiludimos?

Vezes e vezes sem conta...Como se de um jogo viciado se tratasse...


Mazzy Star - Into Dust

"Still falling
Breathless and on again
Inside today
Inside me today
Around broken in two
Til your eyes share into dust
Like two strangers turning into dust
Til my hand shook with the weight of fear
I could possibly be fading
Or have something more to gain
I could feel myself growing colder
I could feel myself under your fate
Under your fate
It was you, breathless and torn
I could feel my eyes turning into dust
Into strangers, turning into dust
Turning into dust
Turning into dust"

6 comentários:

DM disse...

Quantas vezes fizeste algo para mudar o teu mundo?
Equacionar o medo?Para quê?Quando nos sentimos fortes,prontos e dispostos a tudo,basta um olhar,uma palavra,um gesto,que nos transporta para a insegurança...Para quê equacionar o medo? Sem medo,perdemos a dor estranha na bariga aquando da nossa 1ª troca de olhares..o tremer de pernas quando reparamos que obstruimos a passagem de alguém, e mesmo assim, não sai nem uma palavra a dizer que quer passar.Para quê perder esse medo?Apesar de ser tão nefasto para um só coração,um só corpo cada vez mais frágil..
Idealizar situações?O melhor,é não idealizar. Se temos duvidas sobre algo,por muito que custe,perguntar não mata.Clarifica e acalma a ânsia.
E deste modo,a desilução continua a pertencer ao nosso dia a dia, mas de forma mais "fraca".
A desilusão, é criada somente por nós próprios.
Se não experimentares,por mais que outros digam o que é,só provando vais sentir o que é para ti.As nuvens só têm um "desenho",mas cada um vê nelas um desenho diferente.Tu, que desenho vês?
Revela-te,seja a quem for, que te faz sentir tão desiludido.Procura a cura,não fiques de braços cruzados.
E sê mais positivo em relação a ti próprio.
Apenas sei o teu nome,o "crush" que senti e pouco mais...
Mas a tua escrita não vai de encontro à tua pessoa.
Eleva-te no teu blog sobre aquilo que gostas.
O resto, não escrevas,faz. Pq quem te responde nunca tem resposta de volta.

A mim, pelo menos, continua a dar-me o teu bom gosto musical.

Anónimo disse...

E tu DM?? Já fizeste algo?? O rapaz agora anda mais ocupado.... Tem mais onde se ocupar... Anda mais in love... Daí a ausencia do blogue...

DM disse...

Lêr o blog, não me serve para trocar msg com anónimos,umas vez que o meu está explicito. Mas já fiz algo. Pelo menos sinto-me,sou de facto mais feliz.Andei para a frente,msm qd outros tentam estragar o q tenho.Até nos objectos..
Quanto á vida pessoal do "rapaz",ñ me diz respeito,exactamente pq ñ o conheço.
Apenas gosto de ficar a conhecer música.

Anónimo disse...

DM(Explicito?)... O problema é que nao fizeste nada... E agora... Agora é tarde... Quanto ao conhecer musica... Vai a fnac... Tem lá muita... E não... Não tás nem te sentes feliz... E por muito que mudes de nik... Serás sempre ... A que não fez nada... E perdeu...

purpurinaz disse...

WOW...

Atraiu-me mais "a roupa suja" dos comentarios que o resto...

Renatinho... o que tu fazes as pessoas!


Beijinho :)

... e calminha gente! Afinal isto é só um blog!

Anónimo disse...

Espero não ferir susceptibilidades a ninguém mas deu mesmo vontade de comentar, não o post mas os comentários do mesmo...
Também não vou pedir desculpa pelo anonimato, uma vez que o mesmo é permitido pelo autor, além de que não tenciono "agredir" ninguém… (ainda que, quando se é anónimo, corre-se o risco de depois acharem que pode ser A, B, ou C…mas, azarito…)
Agora passando ao que realmente interessa, só gostaria mesmo era de dizer (e mais uma vez não me levem a mal) que assim se constata, a existência de tantos "donos da verdade" neste mundo...
É que perdoem-me, mas custa-me a entender como é que é possível dar-se tantos conselhos a quem se diz não se conhecer… Por outro lado aparecer assim um "advogado(a) de defesa" a entrar assim em conflito com “DM”via blog... Assustador não?
Será o "preço" da popularidade Renato? lool (esta foi só para desanuviar, mas p.f. não te zangues)
Afinal, parece que não és tu que precisas de elevar o blog (tendo em conta o n.º leitores assíduos, continua elevadíssimo…) às tantas bastava mesmo só não descerem o nível dos comentários...Digo eu...e, eu, sou só apenas eu… ;)