quarta-feira, maio 20

A primavera...


Torna-se para mim evidente que a Primavera desperta os meus sentidos e sentimentos, fazendo com que me sinta naturalmente vivo. Esta sensação que me assola o espírito, faz com que tudo aquilo que tem uma carga negativa não nos consiga incomodar, passando-nos literalmente ao lado. Estes ciclos da vida são facilmente identificáveis, e fazem com que no final de cada um e consequente começo de outro, façamos pequenos balanços pessoais. Desse modo renovamos a decisão de viver de uma maneira mais sábia por excelência.

Sinto claramente que as tendências da Natureza conspiram a nosso favor sempre que a Primavera se instala e antece essa época de grande felicidade que é o Verão. No final de cada fase destas, que corresponde uma etapa das nossas vidas, torna-se obrigatório fazer um pequeno inventário da nossa vida, o que se torna uma tarefa bastante simples. Desse modo questionamo-nos acerca da nossa capacidade de renascermos livres de sentimentos negativos e acreditar no futuro próspero que possa vir a surgir.

Acredito plenamente que o sol me transmite muita energia e me faz olhar para a vida com muito mais alegria. O sentimento de felicidade sem motivo aparente invade todo o meu corpo, elevando-me para lugares longínquos, onde tudo é pleno de cor e felicidade. Estou com o pressentimento que hoje é um óptimo dia, mas os dias que virão serão ainda melhores.

Vou fazer da minha vida uma tela com muitas cores e alegria de modo a que consiga gravar todos os bons momentos que já vivi, mas com espaço suficiente para os que ainda virão que acredito que serão muitos. Estou ciente das dificuldades do preenchimento da minha felicidade, mas ao mesmo tempo crente que não é uma tarefa impossível, assim esteja receptivo às coisas boas que me rodeiam.

Vou deste modo criar uma paleta de cores com todas as coisas boas da minha vida, de modo a pintar um quadro lindo...pelo menos aos meus olhos...


Eels - Fresh Feeling

1 comentário:

purpurinaz disse...

agora deu-te para as artes... :p Pintura!!!

Qual Dali, qual Picasso?
Um RenZ!!
Não soa mal nada mal digo ja.
FOrça nisso que isso tem ar de sucesso ;)