domingo, outubro 4

Domingo...


Nunca tive uma grande admiração por esse dia da semana. É considerado o dia da família se reunir e fazer os almoços de família. Nunca foi o meu caso. Para mim o Domingo sempre foi um dia com o seu quê de melancólico, em que se torna tarefa difícil passear ou fazer seja o que for devido à forte afluência de pessoas por todo o lado. Há uma predileção maior por parte das famílias comuns quando falamos de beira mar ou de superfícies comerciais.

Hoje, com este diz cinzento de chuva, fiquei deitado no sofá simplesmente a fazer "zapping" e a ver filmes de "domingo à tarde". Confesso que à muito que não o fazia, mas foi com uma enorme satisfação que o fiz. Fantástica sensação esta de estar na escuridão no dia a ouvir a chuva a cair lá fora. Eu que não gosto do Inverno, muito menos de chuva, mas já tinha saudades de um dia assim.

Agora consigo constatar que sou uma boa companhia para mim mesmo e consigo passar uma óptima tarde sozinho desta forma, sem sequer sentir que falta de isto ou aquilo. A magia deste dia é essa mesma, conseguir que nos moldemos à envolvência deste ambiente caseiro e conseguir despertar a nossa atenção para filmes por vezes com mais de 10 anos e que já vimos duas ou três vezes em outros domingos no passado. A verdade é que parece que é sempre a primeira vez.

Acho que vou evitar de dizer que acho o domingo um dia melancólio...


Morrisey - Everyday is like sundays

1 comentário:

purpurinaz disse...

aposto ate que viste aquele filme da sic "a lot like love"... taaaum bunito!

:p