quarta-feira, março 26

A rádio em Portugal...



Sempre que entro no carro e ligo o rádio, faço a mesma pergunta a mim mesmo diáriamente: "O que se passa com a rádio em Portugal?"


Vou tentar falar de um modo geral para tentar não ferir susceptibilidades. Sei que poderá haver excepções em algumas rádios, principalmente pequenas rádios. Rádios sem "força" para chegar ao público em geral. Sei também que já as houve, mas que de um modo geral, não conseguiram subsistir sem entrar neste jogo viciado de músicas. Neste cd riscado que nos invade as nossas colunas diárimente. Sei que as coisas funcionam com fundos, os fundos vêm da publicidade e das editoras. Sei que há músicas que têm que passar x tempo por dia, várias vezes ao dia. Mas porquê? Porquê que terá que tocar as músicas do último Now? Porquê teremos simplesmente de deixar de ligar o rádio e ouvir as nossas playlists pessoais? Há tanta música, tantas bandas, tanta coisa que passa longe de muita gente... O ouvido educa-se. Porquê ir pelo caminho mais fácil? Porquê não ensinar as pessoas a consumir música com qualidade? Há rádios que têm programas com boa música, mas em tempo limitado, e no horário "menos nobre" possível. Penso que se deveria investir mais na qualidade e principalmente em horários mais ouvidos.

Porquê teremos que ouvir os Coldplay ou quaisquer outros 1000 seres semelhantes (sim porque os Coldplay até considero que têm qualidade) todo o dia? Porquê teremos que enjoar as músicas destas bandas? Porquê teremos que mudar de estação porque já não aguentamos "aquela" música, e coincidência (ou não) a mesma música está tocar na rádio vizinha? Porquê teremos que ter vómitos sempre que ouvimos o James Blunt(Oh Meu Deus dai-nos paciência!) com a sua música "you're beautiful"? Já para não falar na Vanessa da Mata e o seu amigo Ben Harper que ficam com a voz gasta de tanto tocarem nas rádios deste país. Sei que há pessoas que amam, que adoram, que fazem destas músicas verdadeiros hinos. Que vão no trânsito com o som no máximo, aos pulos no carro com o braço de fora a cantar o último hit dos "Black Eye Peas". Mas, por outro lado, sei que há aqueles que exigem bastante mais. Muito mais. Que não se limitam a "comer aquilo que lhes é servido". Que sabem que há mais música para além daquela que passa nas rádios. Que se interessam. Que pesquisam. Que vivem a música de outro modo. Um bem haja para todos os esses. É bom saber que não estamos sozinhos neste mundo.

A música é muito mais do que isto, e as rádios poderiam contribuir para isso.
O problema não é de agora, e sei que se manterá por muito mais tempo. Mas às vezes, convém pôr o dedo na ferida e, apesar de feio, apontar o dedo as coisas que julgamos que estão mal.

Acreditar que um dia poderá ser diferente. Acreditar é já um começo. Vamos pensar que um destes dias vamos ligar o rádio no trânsito e vamos ouvir música simplesmente diferente daquela que estamos habituados...

Apesar de tudo, considero que há coisas bem mais importantes a resolver neste país do que meramente as rádios. Antes todos os problemas fossem estes...

5 comentários:

Anónimo disse...

Posso dizer que faço questão de nunca ouvir rádio!
Prefiro ir no silencio, ou embalada pelo barulho dos carros, do que ouvir a musica que passa na radio hoje em dia!

É mesmo triste pensar que há imensas bandas por aí que podiam marcar imensa gente, mas não.. nem as conhecem!
Eu bastantes vezes dou por mim a pensar: "Mas porque é que só a musica má é que passa no radio??" sabes como é... "Tenho que virar.. a minha vida de pernas pró ar" pah.. por favor!

SEAN PAUL... por amor de deus.. esse homem tira-me do serio!!!

Enfim.. vamos pensar que isto vai mudar um dia!

Marques disse...

Começo por dizer que a música faz parte da minha vida. Apoio-me nela, sobretudo, para me lembrar daqueles que mais adoro e dos momentos mais felizes que tive.
Em relação às músicas que se ouvem na Rádio concordo com o autor. É com espíritos assim que as mudanças acontecem!

Muse disse...

Compreendo perfeitamente oq dizes... o universo da radio em Portugal é um deserto, um enorme deserto e cada vez com menos oásis e cada vez mais pequenos (deve ser do aquecimento global)... é tudo igual... sempre as mesmas musicas repetidas vezes sem conta ao longo do dia...

Qd falo dos oásis cada vez mais pequenos, eram a comercial aqui há uns anos atrás, que de comercial não tinha nada e hj é o q se ouve!!!
Depois foi a Best Rock que desapareceu, sei que ja voltou e tenho q actualizar para ver oq anda a passar...
Depois a Antena 3, que tinha excelentes iniciativas aliadas à boa música, havia o dia em que quem apanha-se uma música repetida ganhava um prémio (obviamente q as repetições eram praticamente nulas... era a 5ª dos portugueses, em que passavam exclusivamente musica portuguesa o dia todo... agora cada vez mais está estragada a Antena 3, a música boa dá cada vez mais lugar ao comercial, ao hip-hop de qualidade duvidosa (sim, pq há hip-hop de excelente qualidade), mas sempre os mesmos, sempre as mesmas músicas, é uma tristeza... dou por mim e oq ouço mais na antena 3 actualmente é o programa da manhã para ouvir aquela malta a desatinar (e já foi bem melhor doq oq é agora) e normalmente tenho q mudar várias vezes de estação qd passam para a música, e ao fim do dia para ouvir a excelente "Prova Oral" do Alvim... fora isso é mais um deserto...

A rádio que mais tenho ouvido actualmente é a fantástica M80, a revivalista com musica dos anos 70, 80 e 90... claro q repete, mas quase sempre música de qualidade, daquela q crescemos a ouvir... é o pequeno oásis na actualidade da rádio portuguesa!

Felizmente existe o iPod e a ligação do iPod aos rádios do carro e é o que ouço mais vezes, a minha música

Ana disse...

O meu auto rádio nem sabe o que são estações de rádio, e ainda bem, senão ainda avariava! Acho que é um favor que lhe faço! Só toca cds!

A única estação que ouço com satisfação é a Radar Lisboa, mas tem de ser pela net, porque não tem emissão para todo o país :(

O que é bom não chega a todo o lado... infelizmente!

Anónimo disse...

A RUM radio universitaria do Minho, ainda consegue ter um bom gosto musical, comparado com o que anda aí...