quinta-feira, março 27

Pirataria...


Todos nós falamos e ouvimos falar de tal fenómeno nos dias que correm. Está na ordem do dia. Mas no fundo o que é a pirataria?
A pirataria refere-se à cópia, venda ou distribuição de material sem o pagamento dos
direitos de autor. Deste modo, apropriando-se com infração à legislação que protege a propriedade artística ou intelectual.

Já muito foi dito, muito foi debatido, mas a situação tende a manter-se inalterável. A minha opinião mantém-se. Teremos aqui o famoso "pau de dois bicos"! Ou seja, enquanto por um lado, através dos downloads as pessoas conseguem cultivar-se mais em termos musicais, ter acesso a música que antigamente não era possível, conhecer novas bandas e partilhar com os amigos; por outro, perdeu-se a magia de comprar um disco e ouvi-lo do início ao fim como se uma relíquia se tratasse. Se fizermos download de um álbum está provado que não o ouvimos com tanta atenção do que se for comprado.

Hoje em dia, está temos facilidades que no passado seriam grandes obstáculos. Estou ciente que a maioria das pessoas preferiria comprar o álbum, em vez de o sacar da net. Parece-me óbvio. Mas não nos podemos esquecer que se trata de um acto ilegal. Alguém gastou muito dinheiro para produzir e gravar um álbum que nós vamos obter sem contribuir minimamente para tal. Claro que isto nos levará para outra discussão, o preço dos álbuns. É uma realidade. Os discos são muito caros. Porquê a música não é considerada cultura como os livros? Porquê o iva não é o mesmo que se aplica aos livros? Porquê as editoras não se mentalizam que se baixarem os preços, vão vender muitos mais discos, e acabam por ganhar muito mais dinheiro? Porque toda a gente prefere ter o original...o problema não são as bandas, porque não é por aí que as elas enriquecem, as bandas ganham dinheiro principalmente com os concertos ao vivo. Por isso mesmo, muitas delas hoje em dia preferem disponibilizar os álbuns online para download. Acho que acaba por ser uma atitude sensata, uma vez que deste modo conseguem atingir um maior número de público, que de outra forma se torna mais difícil.

Sei que é um tema delicado, sobre o qual não me quero alongar, mas vou deixar-vos com estes números que dão que pensar...

-Entre 2000 e 2005, o mercado de vendas de música em Portugal passou de 15.161.880 de unidades para 9.068.062. A queda do mercado representa, em termos percentuais, um decréscimo de 47,2%.

-O valor da facturação que as editoras discográficas registaram tem vindo a descer. Em 2006 e 2007 as vendas desceram para metade...e no ano corrente, tende a piorar.

Algo não está bem, digo eu...



3 comentários:

Anónimo disse...

Infelizmente.. ao preço que está a vida, ja nao dá para comprar cds como antigamente!

E só o facto de um cd ou melhor.. uma DISCOGRAFIA de uma banda estar à distancia de um download na internet é de facto muito tentador!

Se o dinheiro ainda fosse para a banda.. agora assim! Ja nao me dá vontade de gastar dinheiro em cds muito sinceramente!

Isto tem que mudar...!

RL

Ana disse...

A internet veio mudar muita coisa.

Enquanto antigamente eramos forçosamente obrigados a comprar determinado cd para podermos saber o que lá vinha dentro, hoje temos a possibilidade de fazer a pré-audição de alguns albúns (veja-se o caso do myspace).

Parecendo que não, há muitas pessoas que acabam por não comprar o cd caso não lhes agrade aquilo que acabaram de ouvir (já me aconteceu).

Isso, aliado à taxa de iva aplicada aos cds por cá, mais a partilha ilegal de ficheiros pela net, a ganância das grandes companhias discográficas e ainda mais recentemente a maravilhosa situação económica em que a maioria dos portugueses se encontra, propocionam o decréscimo das vendas.

Ainda ondem gastei 150 euros em livros... também estão caros como tudo!

Muse disse...

O grande problema é o preço... é um roubo!!! por isso não deixam muita alternativa, "Ladrão que rouba ladrão..."

O problema não está no IVA, é obvio que não ajuda, mas não é por ai que vamos lá... o problema é o preço de base das editoras, não se justifica... como é que um cd pode custar 20€?? É um roubo!!!

Eu gosto de comprar os originais, ainda agora comprei o DVD/CD do HAARP Tour dos Muse, foram 32€!!! Custa... mas pronto são os Muse, mas não o faço por mais nenhuma outra banda... sou sincero, tenho pena mas é verdade