segunda-feira, março 24

Músicas da nossa vida...

A música interfere directamente em todos os momentos da nossa vida. Acompanha-nos nos piores e melhores momentos. Ora nos faz chorar, ora nos faz rir. Transmite-nos sensações únicas, capaz operar mudanças de humor repentinas. Já não consigo imaginar como seria a nossa vida sem música. Ela assume um papel de tal maneira importante, que passa a ser imprescendível na vida de cada ser humano. Ela tem a capacidade de nos fazer sonhar e navegar por sítios muito nossos. Sítios em que ninguém pode entrar e o desenrolar da história passa meramente por nós próprios. Tornamo-nos portanto, os realizadores dos nossos sonhos, bem ao estilo "hollywoodesco".

Costumamos associar certos momentos da nossa vida aos nossos sentidos. Eu, em particular, associo muito cheiros característicos e certas músicas aos melhores e piores momentos da minha vida. Corre lado a lado comigo desde que me lembro. Há portanto músicas que me vão lembrando as várias etapas do meu crescimento enquanto pessoa e ser humano neste mundo tão grande. O nosso mundo. Para mim há coisas que não conseguimos exprimir em palavras aquilo que sentimos. A música é uma delas.

Cada um tem as suas músicas preferidas, e só ele mesmo saberá porquê. Às vezes, simplesmente porque sim. Porque há aquele "clic". Entra no ouvido e nunca mais sai. Leva-nos para onde quisermos. Com a música não há barreiras, não há metas...há aquilo que considero mais importante na vida de todos nós, o sonhar. Haverá algo melhor que sonhar? Mesmo que seja acordado? Duvido. Já dizia alguém: "o sonho comanda a vida". Como o entendo.

De uma forma ou de outra, estarei sempre ligado à música. Há músicas que me acompanham agora e para sempre. Aquelas que me fazem esboçar um sorriso, mesmo nos piores dias da minha vida. Ficarão sempre comigo e só eu mesmo saberei o porquê.

Desde muito novo comecei a delinear o meu gosto musical, muito influenciado pela época em que nasci, e no meio onde fui crescendo. Comecei a ouvir música muito novo, e a ter o meu gosto pessoal. Em casa já escolhia o vinyl da colecção do meu pai que iria colocar no gira-discos. Por outro lado, lembro-me como se fosse ontem quando comprei o meu primeiro cd. A minha alegria...
Comecei por ouvir os êxitos dos anos 80, mas é inevitável dizer que vivi mais a música no rebentar do grunge. Encarnei a personagem que ouvia e vivia o grunge no inicio dos anos 90. Claro que os anos vão passando, e as modas também...mas as músicas não. Essas estarão sempre lá. Sempre que as ouvir, serão as "minhas" músicas.

Tento aqui, de uma forma muito geral, fazer um pequeno álbum de músicas entre as milhares que me fizeram crescer, e que me acompanham até aos dias de hoje. A tarefa não se torna de todo fácil, mas possível com um pequeno regresso ao passado. No entanto, apenas se trata de uma breve lista de músicas. A sua ordem das é completamente aleatória, como se de um "Shuffle" se tratasse.

Começo com um Senhor do Rock...o "Camaleão" do Rock...
Mr. David Bowie com o seu "Absolute Beginners". A simplicidade das palavras aliada a uma grande música. Divinal.

"Contando que tu ainda estejas a sorrir; não há nada mais que eu precise, eu absolutamente te amo; mas nós somos principiantes absolutos; Mas se o meu amor é o teu amor, teremos certeza do sucesso".




Seguidamente, vou falar daquela banda que me diz muito...talvez daquelas bandas que mais me identifique.
New Order, com o eterno "Ceremony". Esta música transporta-me para lugares longínquos e muito meus.



É talvez inevitável mencionar esta banda. Os
Pixies. Através dela, consegui conhecer outras mais e faz-me lembrar os meus 16 anos. As constantes saídas à noite para o sítio de sempre, OBatô. Funciona para mim como um pilar musical. O tema escolhido é o "Monkey gone to heaven".



Entre as centenas que recordo, outra banda que me faz recordar estes tempos são os
Flesh for Lulu. Para muitos uma banda desconhecida, mas para mim mais um alicerce da minha construção. A música é "Time & Space". Fantástica.



Não poderia também deixar de me recordar dos
Jesus and Mary Chain e tudo o a esta música está associado. Um grande hino ao Rock. "Darklands".



Porque adoro esta música, porque ela fala por si, porque faz parte de mim.
Joy Division - "Love will tear us apart".



Recordando os meus 15 anos, vem-me também esta música à cabeça. Um grande disco. Uma grande música. Smashing Pumpkins - "Mayonaise".



Este concerto é daquelas imagens que nos ficará para sempre na retina como se de uma tatuagem se tratasse. Um grande senhor da música, o "Herói" da minha geração. Kurt Cobain e os Nirvana. A música é um cover de David Bowie. Quem mais. "The man who sold the world".



Não menos importantes, e também presentes para sempre comigo, estarão os Pearl Jam. Marcam uma época da minha vida. Que grande voz, que grande personalidade, que grande banda. Pearl Jam - "Footsteps". Música brutal.



Aqui fica também um música que me diz muito. Uma das melhores bandas de sempre. Únicos. Radiohead - "Fake plastic trees".



Lembro-me do primeiro dia que ouvi este álbum. A partir desse dia nunca mais deixou de me acompanhar em todos os momentos. Agora e para sempre... Placebo - "Teenage Angst".



Esta banda faz-me lembrar o meu grupo de amigos de saída à noite com 16 anos. Óptima música, óptimos tempos. Para a prosperidade... Whipping Boy - "When we were young".



Porque me lembro de cantarolar esta música no chuveiro e de a ouvir em k7 no walkman. Grant Lee Buffalo - "Honey don´t think".



Dispensam apresentações. São daquelas bandas que nunca me irei cansar de ouvir. Esboço sempre aquele sorriso. The Cure - "In between days".



Porque me recorda imensas imagens da adolescência. Jane's Addiction - "Jane says".



Faz-me dançar, sorrir. Dá-me vontade de me divertir... Filter - "Take a picture"

5 comentários:

purpurinaz disse...

:)impossivel este post passar sem um comentario! Como e que deixaram assim em branco???
sabes que EU assino por baixo, do lado, em espiral, diagonal, d tras pa frente, de frente pa tras... onde der pa assinar, eu assino!

Sabes... A DO REEEEI... alias, ao ler algumas partes pensei q era meu o post (mas a tua redacção excluiu logo essa possibilidade obviamente hahaha) - continuando que nao temos tempo!! - iiiiisso ate me faz acreditar que nao fecho assim taaao mal a mala :) Ou pelo menos nao sou a unica.
Tambem acreditas que a musica e uma terapia? sim sim?? :)Pronto va... a criança ficou xocada aqui com esta perola, que queres?
muuuuito bom!!

Keep it coming! oupaaa

ps: sou eu, mas pa tds os efeitos ja nao paro nestas bandas...

RL disse...

Incrivel!!!

Cada um de nos tem uma banda sonora da propria vida..!

Nao ha nada melhor do que as musicas para nos lembrarmos do sabor, da cor, do cheiro de cada um desses momentos!!

ADOREI este post, a maneira como escreves e principalmente o que transmites!!!

Força nisso!!!!!
Estas a dar voz a muita gente :)

Nuzia disse...

Esta tua posta fez-me pensar! Ao ponto de fazer umas postas no meu blog com algumas das músicas da minha vida!
Acho que vou encher o blog. LOL :=) Infelizmente não tenho o teu dom de escrita por isso limitei-me em postar os links dou youtube.
Continua com o blog, estás no bom caminho! Pois como dizia o outro (António Gedeão) na Pedra Filosofal:
“Eles não sabem, nem sonham,
Que o sonho comanda a vida,
Que sempre que um homem sonha,
O mundo pula e avança
Como uma bola colorida
Entre as mãos de uma criança!”
Besitos

Muse disse...

Até nos sentimos pequenos ao ler um post destes...

Além do teu excelente gosto musical, de seres um tipo espectacular, ainda vens acrescentar esta forma de escrever fenomenal... olha lá e jornalismo não?

Pecas ai pela falta de Muse, já sabes como é!!

Mas para mim, como dizes, aquelas músicas que acompanharam, que marcaram, assim de repente:

Radiohead - Creep
Silence 4 - My Friends
Silence 4 - Angel Song
Cure - todo o Album Wish

Sim um bocado depressivo :p

Depois outras bandas de sempre e para sempre, os Muse, os Rage, os Dire Straits, os Pixies, os Violent Femmes, She Wants Revenge, Gabriel o Pensador, SOAD, Nirvana, a fase do punk tuga com Peste & Sida e Mata-Ratos, a fase do Metal com Manowar...

epá ficava aqui o dia todo!!

Aquele abraço

pon disse...

Um trabalho que combina uma música que me traz recordações muiiito antigas e um dos filmes da minha vida...

http://youtube.com/watch?v=uGciMcpP-sM&feature=related