terça-feira, abril 22

Saudades...


Tenho saudades...

  • De adorar comer "Bombocas" e utilizar a caixa para servir de palete de pinturas...
  • De ficar com dificuldade a mastigar uma "Super Gorila"...
  • De ficar com a cara toda lambuzada a comer "Algodão Doce"...
  • De ficar com a boca gelada com os gelados "Fá"...
  • De comer o pudim "Boca Doce" a saber a remédio...
  • De mastigar os "Sugus" todas as manhãs...
  • De beber os sumos "Caprisone" ou os "Bongo" sempre que a sede apertava...
  • De ficar a desfazer uma romã em frente ao televisor...
  • De fazer tentar juntar os cromos das cadernetas da moda, e haver sempre aqueles que eram quase impossíveis de nos sair...
  • Dessas figuras míticas que saíam nos bollycaos, os "Tou", em que as frases usadas eram sempre "Tou isto" ou "Tou aquilo"...
  • De esmurrar os joelhos por tudo e por nada...
  • De andar de carrinhos de choque...
  • De adorar ver filmes de Índios e Cowboys, a torcer sempre pelos Índios...
  • De fazer aviões tunning de papel para voarem mais tempo que os dos meus camaradas...
  • De beber chá de cidreira com a minha tia à noite, com o seu sabor memorável...
  • De ler todos os livros de "Uma aventura"...
  • De andar aos saltos com a "Bota Botilde"...
  • Da emoção existente em todos os filmes do Rambo...
  • De viajar para o Gerês, ao som dos êxitos de então...
  • De ter uma Fisga, e achar que era uma arma poderosa...
  • De receber cuecas e meias pelo Natal da minha avó...
  • De fazer colecção de tudo, calendários, moedas, selos, canetas e afins...
  • De me mascarar no Carnaval para ir para a escola...
  • De beber leite achocolatado oferecido na escola...
  • De usar uma t-shirt dos Cramps, tamanho M, pelos joelhos...
  • De ter que girar os números do telefone para telefonar...
  • De ler os livros da "turma da Mónica" com o Cascão, Cebolinha, Magali e companhia...
  • De ler e reler livros de banda desenhada, personagens que não esquecemos nunca, como tio Patinhas e companhia, "LukeLuke" ou "Ásterix e Obélix"...
  • De esperar sentado em frente à televisão que começasse o "Dartacão" e o "Tom Sawyer"...
  • Do genérico da "Abelha-Maia" e até da música do "Villy" (namorado gay da Abelha-Maia)...
  • Dos "amigos do Gaspar" e dos seus penteados esquisitos...
  • Do Badaró com o seu "Chinesinho limpa o pó!"...
  • Da emoção de ver a "Corrida Mais Louca do Mundo"...
  • Dos "Três Duques" e da forma incrível como entravam e saíam do carro...
  • De todas as personagens que compunham essa rua mais famosa do mundo, a "Rua Sésamo"...
  • Da forma espantosa como o "McGyver" fazia uma bomba com um canivete...
  • Dos encontros e desencontros que aconteciam no "Barco do Amor"...
  • Da eficácia em desvendar crimes de "Duarte e Companhia" com as suas gravatas minúsculas...
  • Da "Formiga Atómica" e das suas histórias hilariantes...
  • Das novelas brazileiras que nos acompanharam anos a fio, por exemplo, o "Sassaricando", o "Roque Santeiro", "A Tieta do Agreste", "A Cananga do Japão", etc etc...
  • "Do sítio do Pica-Pau Amarelo" e da famosa "galinha dos ovos de ouro"...
  • Do "Justiceiro" com o seu famoso carro "Kit", o meu carro de sonho durante anos a fio...
  • Do "Verão Azul" e da sua música que nos ficará para sempre no ouvido...
  • Dos "Jovens Heróis de Shaolin" e das suas façanhas arriscadas...
  • Dos verdadeiros crimes horrendos de "Crime, disse ela"...
  • Do destemido "He-Man" e do seu vigor perante as forças do mal...
  • De cantar a música do "Vitinho" quando íamos para a cama...
  • Das histórias preciosas dos "Marretas"...
  • Dos efeitos especiais dos "Transformers"...
  • Das "tartarugas ninja" e dos seus ensinamentos...
  • Das aventuras e desaventuras da "Super Avózinha"...
  • De brincar com os "Legos" e "Playmobil"...
  • De ver filmes clássicos, como o "Footloose" em Vhs...
  • De ver as grandes vitórias da nossa seleção nos "Jogos sem Fronteiras"...
  • De tomar banho de imersão...
  • De ligar a televisão ao domingo à tarde e estar sempre a dar o clipe da "Niquita" esse grande clássico do Elton John. Até hoje me pergunto onde está a Niquita?...
  • Do "Topo Gigio" e a sua fala engraçada em italiano...
  • De jogar aos Berlindes e ao Pião em plena rua...
  • De dominar o "Tragabolas" e o "Pulgas na cama"...
  • De jogar o "Pacman", o "Tetris" ou mesmo o "Pinball" em máquina com apenas quatro níveis...
  • Da maneira incrível como os "Ghostbusters" apanhavam os fantasmas...
  • De todos os discos dos "Onda-Choc", dos "Mini-Stars" ou mesmo dos "Queijinhos Frescos"...
  • Desse ser esquisito que dizia piadas a toda a hora, o "Alf"...
  • Do dedo que ficou para sempre na história do "Et"...
  • De acordar cedo ao fim de semana para ver "bonecada"...
  • Do "Popey" e da sua "Olívia Palito"...
  • Dos "Flinstones" e do seu famoso grito...
  • Do Herman José e a sua famosa personagem, o "Estebes"...
  • Jogar ao "Bate Pé" com as minhas vizinhas...
  • De jogar às "escondidinhas" ou ao "Quarto Escuro"...
  • De andar a pé para todo o lado, e dizer que aquilo que era a uns 5 km, era já ali...
  • De chegar a Junho e ter três meses de férias...
  • De jogar "Crapô" com a minha irmã horas a fio...
  • De esperar que começassem as nossas músicas favoritas na rádio, para as gravarmos em cassette...
  • De ouvir histórias começadas por "Era uma vez", e terminadas com "Viveram felizes para sempre"...
  • De dançar slows nas festas de garagem, a jogar o "Jogo da Vassoura"...
  • De ir a pé até a Ribeira e voltar no São João...
  • De ouvir na Rádio o "Jogo da Mala" com o António Sala, e também na tv o "Palavra-Puxa-Palavra"...
  • De acampar com os meus amigos...
  • Do cheiro das nossas camisolas de lã, quando apanhavamos uma chuvada na escola...
  • De esperar meia hora para jogar um jogo no Spectrum, e ele no final não entrar...
  • De combinar horas num sítio, sem ter possibilidade de ligar para o telemóvel...
  • De saltar o muro da escola para poder jogar Basket...
  • De levar o almoço para a praia ou para a piscina de Leça e passar lá o dia com os amigos...
  • Dos natais passados com toda a família reunida...
  • De me cortar todo a fazer a barba, quer dizer, o buço ou a meia dúzia de pêlos que assentavam na cara...
  • De ouvir o Fernando Pessa com o "E esta, heim?"
  • De andar de bicicleta por todo o lado...
  • De lançar o papagaio na praia...
  • De tocar às campainhas das casas durante a noite e fugir...
  • De fazer telefonemas anónimos a nomes suigéneres escolhidos na lista telefónica...
  • De usar pijama para dormir à noite...
  • De andar na camioneta que nos levava ao jogos de Basket do Leça F.C...
  • De dançar com uma boneca ao som dos Europe, com o seu sucesso "Final Countdown"
  • De comer broinhas de mel e ir para os treinos de camioneta atolada de gente, sem pagar bilhete...
  • De andar de eléctrico para ir para ao Porto...
  • De vestir as roupas e o calçado da altura...
  • De ir ao cinema "Chaplin" ver o "Sozinho em Casa", ficar na última fila, comer "torrões" e "Tau Tau", essas bolinhas apetitosas de chocolate estaladiço...
  • Dos cheiros que teimam em não desaparecer, como o cheiro do iogurte feito em casa...
  • De 1001 coisas que a nossa memória arquivou, sejam elas músicas, programas de tv, hábitos, qualquer coisa, e nunca mais esqueceremos...
São memórias como estas, que fizeram parte do nosso crescimento e da nossa evolução, que teimam em ficar na nossa memória para sempre.
Recordar é viver, e acredito que todos nós tenhamos uma história para contar.
É por isso que vivemos, para fazermos história. Porque um dia, inevitavelmente, vamos passar à história...

12 comentários:

Nada se perde disse...

ao ler o post, de reepente tudo isso ganhou vida..e a viajar através de uma "RTP memória"..
incrível, como tempo passa, as pessoas crescem (ou não) mas não esquecem..fomos apelidados de "geração rasca", mas é mais uma geração do "desenrasca" e que hoje se encontra à "rasca", do que qualquer coisa mais..
não havia, e com isso as pessoas cumpriam os encontros (só se a mãe nos proibi-se de sair de casa)..
não tínhamos internet, e por isso brincávamos ao berlinde, a telemóveis bola..em que sujávamos a roupa, magoávamos..e depois riamos de tudo..
não tínhamos metro, nem os paizinhos nos levavam, e andávamos a pé..e hoje até queremos levar o carro para dentro do shopping, o mais perto da porta possível, e irritam-nos quando temos que andar 5 metros!
O verão azul--ahhh esse clássico..
e há que relembrar que só havia 2 canais de televisão, e à meia noite a rtp1 fechava (grande parte das vezes) com o hino nacional..
passávamos horas em frente à televisão-é verdade..mas tínhamos tempo para estar com os amigos, e divertíamos (de forma bastante diferente em relação a hoje)..
tínhamos tempo..é verdade!!

eu ainda vi muita televisão a preto e branco!!..

gostei do post..verdadeiro..uma verdadeira viagem no tempoooo!!

N4nn0 disse...

Amigo, tu andavas mortinho por revelar a tua atracção por "tau tau", essas bolinhas de chocolate estaladiças... (pois pois)!

É incrível como o tempo passa, e como já fizemos, ouvimos e vimos tantas coisas... E tantas outras que ficaram por dizer...

Não me digas que nunca foste as Sr. Silva comprar cigarros avulso ;)

Grande Abraço!

Anónimo disse...

Não posso crer, não te esqueceste de uma....;)

Muito bom;)

Beijo grande

Anónimo disse...

Hum, fico intrigada...tens a certeza de que só tens 27 aninhos?
Falas em coisas da minha geração e eu nasci em 1971, vê lá tu!!! :)

Fica bem!!!

Anónimo disse...

Eu também nasci em 1980, e também me lembro de tudo o que falas...
Muito boa memória! Grande exercício!

Parabéns! Abraço

Muse disse...

Pura e simplemente SAUDADES!!!!

Grande post!!!

Aquele abraço

scorpia disse...

Grande Rena!

Estiveste lá quando falaste nas bombocas, nos capri sones, nos famosos "tau tau" do Chaplin!! essa famosa casa de chineses de leça. Sem bem que me lembro mais de devorar flocos de neve, a meio das filas, a ver um filme qualquer com intervalo a meio...
AH AH! Eras tu que fazias aquele barulho todo e atiravas tau-taus para as filas do meio...mmmmm, a verdade vem sempre ao de cima!

E ficar em casa às 5ºs feiras à noite para ver os Ficheiros Secretos e ter 3 temporadas completas gravadas em Vhs??? Muito à frente...

Quanto ao resto, só mais umas referências, agora assim de repente:
- com que então ao fim de tantos anos confessas que eras tu que tocavas às campainhas! seu malandro...
- jogar ao bate-pé com as vizinhas? eh pá, que eu saiba a vizinha mais próxima era eu...os outros eram todos rapazes...rena, rena...;P

PS: esqueceste-te do poster do Shaquile O`Neil na porta do quarto...ai as vizinhanças...mas numa coisa tens razão: QUE SAUDADES!

E Viva a Samanta Raposa!!!!

Bjinhos e continua a deixar-nos lamechas....;)))

PS2: só mais uma coisa: o meu johny permite-me reviver algumas dessa coisas...os bongos, os flinstones, as wacky races, os livros do tio patinhas, as bombocas, e outras criancices que aproveito para lhe incutir! Amor de mãe... Só não posso levá-lo ao Batô ainda, mas já faltou mais...;;)

Anónimo disse...

AMEI! :_)
Que saudades bolas..!

RL

BEE (Sílvia :p) disse...

Bombocas, Vitinho, Chaplin e as TauTau... :D
Impossivel passar por aqui e não comentar mesmo que praticamente tudo já tenha sido dito. 0brigada por me teres feito fechar os olhos e relembrar tudo isso e mais uma ou outra coisa...
Que saudade boa :)
Parabéns pelo blog e beijoca grande *

Anónimo disse...

FOI com ENORME emoção que li este post.
Meu deus que saudades...
É incrivel como não escapou nada... td akilo que kk 1 de nós viveu.
Parece que estava a sentir os cheiros, os sabores, as sensações....da altura.

as bombocas, AIIIIII ainda na semana pensava nelas.

Obrigada, cont a escrever AIIIII K FAZ TAO bemmmmmmm ler o k escreves.

beijo, beijo, beijo

Ana disse...

também tenho saudades de beber o "capri sonne" nos intervalos do cinema ao domingo de tarde e dos desenhos animados super giros da nossa altura.

Elsa Cristina disse...

Quem me consegue dizer em que ano passou na rtp 1 O Justiceiro e o seu Kitt,dpois o Kitt esteve cá em portugal no Centro comercial Amoreiras em que ano ,obrigada